#Crônica4 – Quando as sereias tornaram-se mundanas

A crônica de hoje é Quando as sereias tornaram-se mundanas, de Lucas Borges.

Desde que deixaram o fundo do mar, por conta da poluição excessiva que vinha de uns anos para cá se agravando cada vez mais, e passaram a habitar no mundo dos mundanos, as sereias viviam se questionando quanto ao avanço considerável do modo de vida que passaram a ter.”

Anúncios

Uma resposta em “#Crônica4 – Quando as sereias tornaram-se mundanas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s